Notícias

“Venceu o bom senso”, diz Turra sobre projeto que destinava investimentos do estado em rodovias federais

18/07/2022

No último dia 12, o projeto de lei 51/2022, do governo do Estado, que pretendia autorizar o Palácio Piratini a investir R$ 495,1 milhões em rodovias federais foi rejeitado pela Assembleia Legislativa. O deputado Sérgio Turra (Progressistas) comemorou o resultado da votação. “Venceu o bom senso! Dinheiro que vem do bolso do cidadão gaúcho deve ir para o que o Estado deve fazer e, infelizmente, ainda não fez. Fico feliz em ter liderado esta vitória”, disse o parlamentar.


Em pronunciamento na tribuna, Turra lembrou dos municípios sem acessos asfálticos do interior do Rio Grande do Sul. “Este é um dinheiro conquistado a duras penas após nossas lutas pelas privatizações. Mas não para ser aplicado em obras de responsabilidade da união. O exemplo da falta de acessos asfálticos em muitos municípios do interior gaúcho é um problema que se arrasta há décadas. Isso sim deveria ser prioridade do governo”, avaliou.


O parlamentar marauense também citou a necessidade de melhorias em vários trechos da RS-129 e da RS-324, na região norte. “Quem anda pelo interior sabe. São inúmeras as rodovias com problemas de trafegabilidade que acarretam prejuízos para o desenvolvimento das regiões, e falta de segurança e qualidade de vida para a população”.

 

PROGRAMA DE INCENTIVO AOS ACESSOS ASFÁLTICOS


Bandeira do parlamentar desde o início do mandato na Assembleia Legislativa, a infraestrutura nas estradas foi pauta de inúmeras reuniões entre o parlamentar, as comunidades e o governo nos últimos anos. Para trazer uma solução viável para os problemas de pavimentação nas estradas, Turra criou o Programa de Incentivo aos Acessos Asfálticos (PIAA), que prevê parcerias público-privadas para melhorias de infraestrutura, com abatimento no ICMS. Em dois anos de projeto, os investimentos através do PIAA passaram de R$ 26 milhões.


Compartilhe

Galeria de fotos