Notícias

“Estamos cobrando agilidade nas medidas para combater a estiagem”, disse Turra

10/01/2022

Na tarde desta segunda-feira, dia 10, o deputado estadual Sérgio Turra (Progressistas) participou junto com outros colegas parlamentares, a Famurs e entidades ligadas ao agronegócio, de uma reunião com o Governador Eduardo Leite, para entregar um documento com várias demandas que podem amenizar os efeitos da estiagem no RS. A reunião foi na Casa Civil.


O documento foi elaborado pela Frente Parlamentar da Agropecuária Gaúcha, no qual Turra faz parte, após a reunião que aconteceu na sede da Famurs com a presença dos prefeitos e técnicos que explanaram as demandas mais urgentes do homem do campo, que envolvem as lavouras e a falta de abastecimento de água potável no interior.


Durante a reunião, Leite informou que se reuniu com a secretária de agricultura, Silvana Covatti, para tratar das ações do governo estadual para mitigar os efeitos da estiagem, como a ampliação do programa Sementes Forrageiras e do subsídio para o programa Troca-Troca de Sementes de Milho da safra 2021/2022 aos produtores de municípios que decretaram situação de emergência, além da priorização da liberação dos recursos para projetos ligados à irrigação no programa Avançar na Agropecuária e no Desenvolvimento Rural, cujo aporte total será de R$ 275,9 milhões.


Segundo os dados oficiais repassados pelo governo, a estiagem pode causar um prejuízo no RS de aproximadamente R$ 20 bilhões nas culturas do milho e soja. Além disso, 157 municípios já decretaram situação de emergência.


“ O nosso pedido ao Governador é que ele acelere a homologação dos decretos de calamidade pública dos municípios, realize uma força tarefa para abastecer as famílias gaúchas que estão sem água potável e libere incentivos aos produtores rurais. O mesmo pedido de ajuda e agilidade nas decisões será encaminhado a ministra da agricultura, Tereza Cristina”, disse Turra.


“Estamos vendo uma perda muito grande na produção de leite, aves, suinocultura, na cultura de milho, da soja, da safrinha de feijão. Nosso produtor está sofrendo muito com a estiagem, estamos perdendo nossa produção agrícola, e isso também atinge nossos animais e nossa economia, mas as ações do Estado estão sendo rápidas”, destacou a secretária Silvana.


No final do encontro, o Governador anunciou a anistia do programa troca-roca de sementes de milho, para os agricultores afetados pela seca histórica. 


No documento consta também o pedido de construção de micro açudes, cisternas, poços artesianos, chegada de caminhões pipa para atender as comunidades mais fragilizadas, subsidiar juros de operação de crédito rural e convênios para liberar recursos aos municípios.


Compartilhe