Notícias

Turra prestigia as provas finais do Freio de Ouro 2021

04/10/2021

A final da mais tradicional prova do cavalo crioulo revelou neste domingo, 3, os vencedores da temporada de 2021.


O Freio de Ouro aconteceu no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio, no RS. É uma realização da Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Crioulo (ABCCC), que adotou os cuidados necessários para o enfrentamento à Covid-19.


O deputado estadual, Sérgio Turra (Progressistas) esteve no parque prestigiando as provas finais e disse que o cavalo crioulo mais uma vez mostrou a sua força e o evento foi um sucesso. “Parabéns aos vencedores e também a ABCCC, que apesar das dificuldades impostas pela pandemia, organizou um evento de qualidade e credibilidade”, disse Turra.


Ao todo, oito animais conquistaram os lugares mais altos no pódio da modalidade. Os jurados tiveram a tarefa de escolher os melhores entre tantos exemplares muito bem preparados para essa temporada do Freio de Ouro.


“O cavalo crioulo movimenta a paixão do gaúcho e a economia do RS. O setor emprega aproximadamente 300 mil pessoas e injeta mais de R$ 1,2 bilhão no agronegócio”, comentou o deputado.

Confira os vencedores deste ano:


Fêmeas:

Freio de Ouro - Belle Mandala, ginete: Daniel Teixeira. Média: 20.634.

Freio de Prata - RZ Madeja II da Carapuça, ginete: Daniel Teixeira. Média: 20.559

Freio de Bronze - La Castellana Kaila, ginete: Fábio da Silveira. Média: 20,064

Freio de Alpaca - Ibérica da Vendramin, ginete: Fabrício Barbosa. Média: 19,904

 

Machos:

Freio de Ouro - Colibri Matrero, ginete: Gabriel Marty. Média: 21,841

Freio de Prata -  Santa Alice Posteiro, ginete: Fernando Andrighetti. Média: 20,121

Freio de Bronze -  Monarca da Dom Manoel, ginete: Jardel Pereira. Média: 20,095

Freio de Alpaca - Honrado da Parnassa-TE, ginete: Luis Gustavo Ruas. Média: 19,740.


Compartilhe

Galeria de fotos