Notícias

Reunião na Casa Civil tratou sobre o mapa hídrico do RS e a barragem do Taquarembó

12/07/2021

Nesta segunda-feira, dia 12, o deputado estadual Sérgio Turra (Progressistas) esteve na Casa Civil junto com uma comitiva de Dom Pedrito e região, para uma reunião com o Secretário Artur Lemos. Na pauta do encontro estava o mapa hídrico do RS e a barragem do Taquarembó.

 

O encontro reuniu entidades, como a Farsul e Sindicatos, o prefeito de Dom Pedrito, Mário Augusto Gonçalves, o vereador Patrício Antunes, representantes da Secretaria de Obras do Estado e do Meio Ambiente.

 

No início do encontro, as instituições levaram até o secretário Lemos os problemas que começam a ser enfrentados pelos produtores em virtude do mapa hídrico do Estado, que dificulta os futuros licenciamentos.  

 

Após a manifestação das entidades, o Secretário determinou a criação de um grupo de trabalho técnico para revisar o mapa hídrico do RS e enquanto este estudo não ficar pronto, permanece as regras antigas. Com isso, ninguém ficará prejudicado.

 

Na sequencia da reunião, o prefeito Mario Augusto falou sobre a barragem do Taquarembó, onde o convênio foi renovado pelo Ministério do Desenvolvimento Regional, com aporte de aproximadamente R$ 120 milhões para concluir a obra, mas questões do contrato envolvendo a Secretaria de Obras do Estado precisam ser corrigidas para que uma nova licitação seja feita.

 

“ Aproximadamente 80% da obra está concluída, faltando apenas a última parte do projeto que vai beneficiar milhares de produtores rurais da região da campanha e fronteira”, comentou Gonçalves.

 

A barragem terá capacidade para irrigar mais de 50 mil hectares de arroz, beneficiando os municípios de Dom Pedrito, Cacequi, Rosário do Sul e Lavras do Sul.  O convênio só foi renovado  após uma ação política do Senador Luiz Carlos Heinze, junto com o deputado Turra, o vereador Patrício Antunes e o prefeito Mario Augusto, durante agenda em Brasília no mês de maio.

 

“ Estamos nessa luta há vários anos, por isso, que temos que aproveitar que o contrato foi renovado e terminar essa importante obra. O recurso é da União, mas a execução é de responsabilidade do Estado. Acredito e tenho fé em um final feliz para este projeto que vai ajudar muito os produtores rurais da região”, destacou Turra.

 

O representante da Secretaria de Obras informou que a intenção da pasta é licitar o quanto antes o final da obra e a Casa Civil designará um servidor para acompanhar de perto este processo. Com diálogo vamos reconstruir esses caminhos e terminar esta obra. “Estaremos atentos e acompanhando”, disse o prefeito.


Compartilhe

Galeria de fotos