Notícias

Projeto criado para combater o abigeato no RS atravessa fronteiras

01/05/2021

Em 2017, iniciou uma campanha forte no RS liderada pelo deputado estadual Sérgio Turra (Progressistas), o governo gaúcho e a Polícia Civil, para começar uma força tarefa no Estado que combatesse com rigor os crimes de abigeato.


Com isso, em 2018 foram inauguradas as primeiras cinco Delegacias de Polícia Especializadas na Repressão aos Crimes Rurais e de Abigeato (Decrab). A criação destas delegacias especializadas visa atender uma das principais demandas do setor produtivo gaúcho, os crimes rurais. O foco central é o abigeato, crime que envolve furto de animais no campo, tanto gado bovino como equino. Também são investigados crimes de receptação e furto/roubo de maquinário agrícola.


O trabalho feito pelos profissionais da segurança pública, com o apoio de entidades ligadas ao agronegócio e os resultados obtidos, diminuindo em mais de 40% os crimes rurais no Estado, fez com que o trabalho da Decrab se tornasse referência  e o projeto começou a atravessar as fronteiras do RS.


Nesta quarta-feira, dia 28, o Governo do Mato Grosso do Sul publicou um Decreto criando no Estado as Delegacias Especializadas em Crimes Rurais, para combater principalmente o Abigeato. O trabalho planejado no MS é idêntico ao dos gaúchos.


“ A iniciativa de Mato Grosso do Sul é louvável e mostra que o trabalho iniciado aqui em 2017 começa a colher importantes frutos e demonstrando que o projeto deu certo. Fico muito feliz em fazer parte desta caminhada que hoje está dando resultado, inclusive sendo usado como exemplo para outros Estados da Federação. A Decrab está de parabéns pelo trabalho realizado, que hoje é referência regional”, disse o deputado Turra, que é o Presidente da Frente Parlamentar de Combate aos Crimes Agropecuários na AL.


Legenda foto: Reunião entre o delegado André (Decrab), o vereador de Dom Pedrito, Patrício Antunes e o deputado Turra, para debater o fortalecimento da força tarefa no Estado e um novo veículo para o departamento. 


Compartilhe