Notícias

Com Estado sob bandeira vermelha, Turra comemora possível retomada das aulas presenciais

27/04/2021

Após a pressão para o retorno das aulas presenciais no Rio Grande do Sul, o governo decidiu extinguir a salvaguarda da bandeira preta do modelo de distanciamento controlado. Em reunião realizada nesta terça-feira (27), o governador, Eduardo Leite, anunciou a nova decisão.


Para o deputado Sérgio Turra (Progressistas), esta é uma medida acertada, uma vez que o Estado já estava utilizando os protocolos da bandeira vermelha. “Com a efetivação da bandeira vermelha, podemos voltar com as aulas presenciais nos anos iniciais. O próximo passo é incluir os professores e funcionários da educação entre os grupos prioritários para a vacinação e retomar, de forma gradual, as aulas em todo o território gaúcho”, disse o parlamentar.


Na semana passada, Turra e outros deputados se reuniram com o secretário-chefe da Casa Civil, Artur Lemos, para pedir a revogação do instrumento da salvaguarda da bandeira preta, argumento utilizado pela justiça para proibir o retorno das aulas presenciais.


“Lastimavelmente, o Tribunal de Justiça gaúcho seguiu proibindo as aulas presenciais, numa decisão que invadiu a competência do Poder Executivo. Se o governo autorizou a volta dos alunos, era porque havia entendido que os números da pandemia permitiam a retomada”, disse Turra.


Apesar do anúncio feito pelo governador, até o fechamento desta edição o decreto que altera, oficialmente, a cor da bandeira no Rio Grande de Sul ainda não havia sido publica


Compartilhe