Artigos

Um novo ciclo de desafios

04/02/2019

          Empossado para mais um mandato no Parlamento Gaúcho, na última quinta-feira, inicio um novo ciclo na minha vida pública. O crescimento de quase 50% nas urnas, em relação ao primeiro pleito, confirmou que meu trabalho em defesa do agronegócio, da segurança no campo e nas cidades, da melhoria de nossos hospitais regionais, do enxugamento da máquina pública e contra o aumento de impostos foi reconhecido pela população gaúcha.


          Mesmo contra todas as limitações orçamentárias do Estado, conseguimos, por meio de muita pressão junto ao governo anterior e às autoridades federais em Brasília, recuperar a ERS-324, reequipar hospitais e implementar as primeiras Delegacias de Polícia Especializadas na Repressão aos Crimes Rurais e Abigeato (DECRABs), entre outras conquistas. Muito foi feito, mas muito ainda terá de ser realizado. As carências são imensas, e os recursos, escassos.


          Assim, dou os primeiros passos no novo mandato, confiante de que, com trabalho sério, persistente e focado nos reais interesses de nossa população, poderemos ampliar nossas conquistas. Não me falta humildade para reconhecer que os desafios serão ainda maiores, tampouco motivação para seguir fazendo a minha parte com o mesmo entusiasmo de quando cheguei à Assembleia Legislativa pela primeira vez. Com convicção, transparência e coragem, em prol de um Rio Grande melhor, mais justo e mais desenvolvido. 


          Com o início dos trabalhos legislativos, nesta semana, em um Parlamento renovado em mais de 50% de seus integrantes, logo começarão os primeiros embates. Decisões que não podem mais ser adiadas pelo Executivo e pelo Legislativo terão de ser tomadas no menor prazo possível.


          Não há consenso sobre muitas dessas medidas, como a privatização de estatais ou o Regime de Recuperação Fiscal do Estado, e o plenário da Assembleia viverá novamente momentos de tensão, de disputas, de aplausos e vaias. É do jogo democrático que assim seja. Ainda bem. O que posso garantir a todos os gaúchos é que estarei pelejando com as armas da razão e do diálogo pelas convicções que me trouxeram até aqui.

 


Compartilhe